quinta-feira, 26 de julho de 2018

19º Encontro de Garage: colecionadores de miniaturas de uberlândia

Há um tempo atrás tive a honra de entrevistar o professor Paulo Victor Machado Prado, onde conversarmos sobre o colecionismo e sobre sua coleção de miniaturas da Hot Wheels. Nessa ocasião ele me fez o convite de visitá-lo em um dos "Encontros de Garage" realizado por ele e vários colecionadores de Uberlândia e, em contrapartida, eu o convidei para expor suas miniaturas no "II Encontro de Conferencistas e Pesquisadores da Casa Plural de Tupaciguara", um dos eventos do qual sou organizador em Tupaciguara. Os dois convites foram atendidos; eu visitei o "19º Encontro de Garage" em Uberlândia e o Paulo Victor visitou o II Encontro de Conferencistas e Pesquisadores. Vou compartilhar com vocês um pouco de como foi a visita ao Encontro de Garage em Uberlândia e mais adiante eu relato um pouco sobre o Encontro de Conferencistas. Fiquem com um pouco do que rolou lá:






Essa foi a visita que o blog Comunidade dos Pensadores Livres fez ao "19º Encontro de Garage: colecionadores de miniaturas de Uberlândia" que aconteceu no dia 20 de maio de 2018.
Várias pessoas frequentaram o evento que acontece no segundo domingo de cada mês, com exceção desse domingo que foi postergado em detrimento do dia das mães.
Mesmo com o frio que estava fazendo vários colecionadores e pessoas que admiram o colecionismo compareceram para prestigiar a exposição das variadas miniaturas.
Segundo o prof. Paulo Victor, o encontro comporta vários tipos de miniaturas e não apenas auto-móveis, ainda que essa modalidade predomine; a exemplo disso, nessa ocasião Paulo Victor abriu mão de expor suas pick ups, nas quais se especializou, para expor suas naves da série Star Wars (Guerra Nas Estrelas). Me senti contemplado pela exposição, já que sou fã da série desde 2001, quando conheci a saga. Além das naves como a clássica Millennium Falcon de Han Solo, a Tie Advanced X1 Prototype (Darth Vader's), a X-Wing Fighter (Resistance), entre tantas outras, Paulo Victor expôs também os carrinhos alusivos à série, tais como o do Mestre Yoda, do droide diplomata C-3PO e o droide astromecânico R2-D2 e por aí vai.
Agradeço ao professor Paulo Victor pelo convite para o evento e todos os colecionadores que estavam presentes e me receberam de braços abertos. Pretendo voltar aos encontros sempre que possível. Parabéns aos organizadores e vida longa ao Encontro de Garage!

Seguem algumas imagens:













Essas são algumas das miniaturas que o Paulo Victor tem em sua vasta coleção. Conheça um pouco mais sobre a coleção dele:

Entre em contato com o Paulo Victor ou veja as fotos das miniaturas dele pelo facebook:



Até a próxima,
Marcelo Silva.

sábado, 14 de abril de 2018

A Arte de Cantar e Técnicas Vocais com Patrícia Borges

Você canta, mas não sabe diferenciar a voz de peito da voz média, ou um falsete de uma voz de cabeça? Eu também não sabia antes dessa entrevista com a talentosa Patrícia Borges.



Nesse bate-papo, Patrícia nos mostra a existência de várias técnicas vocais e como elas podem ser empregadas; explica sobre o uso da respiração e o diafragma; fala sobre como podemos iniciar na complexa arte do canto; Comenta alguns de seus gêneros musicais favoritos; explana sobre a relação que existe entre o estudo da música e universo interno de cada um (auto-estima, ansiedade, etc.); entre tantos outros assuntos.
Patrícia Borges é professora de canto há vários anos, está finalizando o curso de Direito, e canta profissionalmente em casamentos e formaturas. Ela gentilmente cedeu essa prazerosa entrevista para o blog Comunidade dos Pensadores Livres e ainda nos agraciou com sua belíssima voz cantando a canção "Nada pra mim" de John Ulhoa e muito conhecida na vozes da cantora de MPB Ana Carolina ou com a banda mineira Pato Fu que tem a doce voz da Fernanda Takai.

Nada pra mim - 45:59  

Se você é do Triangulo Mineiro e região e deseja estudar canto, entre em contato com Patrícia Broges da seguinte forma:

Telefone: (34) 9 98798137 (whatsapp).


Grupo no Facebook - Arte de Cantar: https://www.facebook.com/groups/36538...

Até a próxima!

Marcelo Silva.
#comunidadedospensadoreslivres
#artedecantar

segunda-feira, 2 de abril de 2018

Desbravando as Masmorras: tutorial sobre D&D 3.0 (vídeos 1 ao 5).

Você já ouviu falar de R.P.G. de mesa? Conhece mas nunca jogou efetivamente? Tem vontade de conhecer, mas não sabe por onde começar?


Pensando em perguntas desse gênero e com a finalidade de registrar áudio-visualmente a famosa edição 3.0 de Dungeons & Dragons eu decidi criar a série Desbravando as Masmorras; que nada mais é que vídeos tutoriais que possam auxiliar jogadores iniciantes a adentrar esse universo fantástico do R.P.G.

Como você pode ver nos vídeos, o R.P.G. é uma espécie de jogo de tabuleiro, mas que ultrapassa a esfera dos board games convencionais, pois como seu próprio nome diz, Role-playing game (jogo de interpretação de papéis/personagem) você pode interpretar inúmeros personagens em situações de grandes desafios imaginativos. A série Desbravando as Masmorras também pode servir de auxílio para jogadores intermediários e veteranos, uma vez que as regras existentes no livro são muitas e revê-las aqui é uma forma de relembrá-las.

É importante dizer que não pretendo substituir o uso dos livros básicos (Livro do Jogador; Livro do Mestre; e Livro dos Monstros), pelo contrário, desejo que os vídeos se tornem suporte para a utilização dos mesmos, pois uma das coisas que faz o D&D ser tão gostoso de jogar é exatamente manusear os livros, seja para construção do personagem ou para tirar alguma dúvida de regra, desde que isso não quebre a fluidez da partida.

Se você ainda não tinha ouvido falar sobre Role-playing game (R.P.G.) eu sugiro que assista ao vídeo "O que é RPG?", também disponível aqui no blog Comunidade Dos Pensadores Livres em postagens anteriores, pois ali tem uma visão panorâmica sobre o que é esse jogo mundialmente conhecido. Se você já conhecia ou é adepto desse lazer, ajude na divulgar, principalmente para ajudar as pessoas que estão começando. Se você já é veterano, deixe as suas sugestões para auxiliar nos vídeos futuros e para troca de informações.

Pretendo listar os cinco primeiro vídeos da série aqui e os demais em postagens futuras. Espero que os vídeos possam te ajudar e serem trazer novos praticantes para esse saudável passatempo.

Vamos aos vídeos!



Nesse primeiro vídeo da série que falarei da rolagem dos atributos inicias, um pouco sobre a ficha de personagem e algumas dicas finais. Assistam aí:

1. Desbravando as Masmorras: rolando os pontos de habilidades e outras dicas. - 1º Nível.





Se você já assistiu o vídeo e quer ir direto ao ponto, basta seguir as orientações abaixo: 1. Se você já quer ir direto pra rolagem de dados clique em 3:00 2. Se você já quer ir direto pra distribuição de habilidades na ficha de personagem clique em 7:05 3. Para assistir às duas dicas finais clique em 17:15



Esse é o segundo vídeo da série e o assunto da vez são as raças e classes disponíveis no Livro do Jogador (D&D 3.0) e como a escolha de ambas interferem na criação do personagem. Como exemplo, menciono alguns aspectos sobre cada raça do livro e um breve resumo sobre o perfil das classes de personagens. Nos minutos finais eu deixo algumas dicas para iniciantes.

2. Desbravando as Masmorras: raças, classes e outras dicas. - Nível 2





Vá direto ao ponto: Raças - 1:45 Raças na ficha de personagem - 10:35 Classes - 18:40 Bárbaro - 20:45 Bardo - 22:27 Clérigo - 23:36 Druida - 25:53 Guerreiro - 27:25 Monge - 28:49 Paladino - 29:32 Ranger - 30:51 Ladino - 31:48 Feiticeiro - 32:55 Mago - 33:57 Ilusionista - 35:33 Exemplificação de progressão e aquisição de habilidades - 36:19 Dicas finais - 39:25 Referências - 43:30



Já nesse terceiro vídeo falo sobre o processo de aquisição de pontos de perícias iniciais em Dungeons & Dragons (D&D 3.0); como utilizar as perícias ao longo do jogo; como fazer rolagens de perícias sem dados; como utilizar as sinergias a seu favor; e três dicas que podem te auxiliar no início. Esse vídeo pretende auxiliar jogadores iniciantes que desejam aprender um pouco sobre esse famoso RPG.

3. Desbravando as Masmorras: Perícias e outras dicas. - 3º Nível.





Nesse, que é o quarto vídeo da série, trago uma série de orientações e sugestões sobre as regras para aquisição de talentos, como escolhe-los, os pré-requisitos, as diferenças entre talentos gerais, talentos metamágicos, talentos de criação de itens e talentos especiais; entre outras dicas que podem ajudar nos passos iniciais.

4. Desbravando as Masmorras: Talentos e outras dicas. - 4º Nível.






O tema central desse quinto vídeo são as tendências, ou seja, os alinhamentos que cada personagem pode seguir ao montar uma ficha. Pretendo comentar brevemente as nove tendências disponíveis no livro do jogador do D&D 3.0 (Dungeons and Dragons), exemplificando-as com trechos de animes e filmes que marcaram várias gerações. Assim as pessoas que estão iniciando sua jornada nesse universo fantástico poderão compreender com maior clareza o comportamento de cada uma dessas tendências e assimilá-las com maior facilidade.


Faço a ressalva de que esse vídeo são apenas sugestões, baseadas no livro do jogador, para construção da personalidade de um personagem em D&D, não significa que as tendências devem ser interpretadas assim de forma cabal; ou seja, narradores (mestre) e jogadores (personagem) podem fazer interpretações variadas das tendências aqui mencionadas ou se relacionarem com elas de formas diferentes. O importante em Dungeons & Dragons é a diversão. Esse é o objetivo maior e está acima de qualquer regra ou sugestão.


5. Desbravando as Masmorras: Tendências e outras dicas. - 5º Nível.


Segue abaixo as tendências, seus possíveis significados em seus respectivos minutos: 1ª - Leal e Bom "Cruzado" - (03:50) 2º - Neutro e bom "Benfeitor" - (07:55) 3º - Caótico e bom "Rebelde" - (09:30) 4º - Leal e neutro "Juiz" - (13:20) 5º - Neutro "Indeciso" - (16:00) 6º - Caótico e neutro "Espírito livre" - (19:07) 7º - Leal e mau "Dominador" - (21:40) 8º - Neutro e mau "Malfeitor" - (24:45) 9º Caótico e mau "Destruidor" - (27:12) Essas foram as minhas escolhas para simbolizar as tendências. Espero que tenham gostado e deixem as sugestões de vocês caso tenham pensado em outros personagens.


Pronto! Esses foram os cinco primeiros vídeos da série. Pretendo, em vídeos futuros, abordar assuntos como as divindades em D&D, regras de combate, como funcionam as magia arcana e divinas, entre outros assuntos que possam auxiliar quem estiver iniciando. Futuramente os postarei aqui. Lembre-se de se escrever no canal no YouTube e clicar no sininho para receber as notificações avisando sempre que sair um novo vídeo. Lembrem-se também de compartilhar nas redes sociais para ajudar na propagação do Role-Playing Game.

Agradescimento:

Agradeço ao artista visual Marcos Maciel pela contribuição para essa série com a abertura em software 3D. Para conhecer melhor o trabalho desse artista visite-o pelo Instagram: @mppm016

Obrigado e até a próxima!

quarta-feira, 28 de fevereiro de 2018

Resenha literária de "Dados & Homens" de David M. Ewalt.

Recomendo a leitura! Principalmente para jogadores de RPG, principalmente adeptos de D&D, ou simpatizantes de rpg's, Board games, cultura geek de forma geral e até mesmo os rpg's eletrônicos.




"Dados & Homens: a história de Dungeons & Dragons e de seus jogadores" de David M. Ewalt foi minha primeira leitura de 2018.
Posso lhe assegurar, essa obra me agradou muito!!! Primeiro por eu ser jogador de Dungeons & Dragons (D&D) há 18 anos. Segundo pela forma cuidadosa como a obra foi elaborada e terceiro pelas narrativas de RPG que se encontram ao longo dos capítulos. Esse livro traz de modo suave e empolgante um olhar panorâmico sobre a história de um dos R.P.G's mais famosos do mundo: o D&D. Essa trajetória acontece de forma fluida e rápida. Sem percebermos, ao longo do livro, somos pegos torcendo para Gary Gygax reerguer sua empresa que foi fundada com muito custo no início e ascendeu rapidamente à empresa milionária com público no mundo inteiro.
Dados & Homens é a história sobre a criação do RPG de mesa mais conhecido no mundo, o Dungeons & Dragons. É a história da criação, desenvolvimento, de seus jogadores, de seus criadores e mesmo de como funciona os mecanismos e edições, que iniciam na década de 70 com a primeira até a atualidade com a quinta edição de D&D. Gostei muito dessa leitura e recomendo a diferentes públicos.

Conheça também a série Desbravando as Masmorras, série onde desenvolvo vários vídeos tutoriais para pessoas que querem conhecer e aprender a jogar o D&D 3.0. Esta série está disponível em meu canal no YouTube e pode ser encontrado através do link que segue:


Se você já leu o livro Dados & Homens: a história de Dungeons & Dragons e de seus jogadores deixe sua opinião sobre a leitura aqui nos comentários.

Abraços e até a próxima!

segunda-feira, 3 de abril de 2017

Paulo Victor e sua Coleção Hot Wheels

Saudações! Desta vez apresentamos a vocês uma entrevista com o uberlandense colecionar de miniaturas da Hot Wheels, Paulo Victor Machado Prado. Sem mais delongas vamos ao vídeo, mas não deixe de ler a matéria e conferir as imagens de algumas miniaturas da coleção de nosso entrevistado. Segue o vídeo:






Paulo Victor, tem 27 anos, é formado em matemática pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), professor na rede particular de ensino e colecionador de miniaturas dos carrinhos da Hot Wheels desde 2002. Começou sua coleção em Tupaciguara, interior de Minas Gerais e segue ampliando a mesma em Uberlândia, MG, onde mora atualmente. Paulo Victor conta com mais de 400 miniaturas em sua coleção, dentre as quais se encontram as Pick Up's e os "Temáticos" em que vem se especializando.

Teve a gentileza de me receber em sua casa e nos conceder essa prazerosa entrevista que talvez possa auxiliar as pessoas que pretendem conhecer um pouco mais sobre essas miniaturas fascinantes ou mesmo iniciar uma coleção. 

Nos bastidores da entrevista eu lhe fiz a seguinte pergunta:

"Paulo Victor, o que significa colecionar Hot Wheels pra você?"

A resposta foi a seguinte:


"Acho que além de um hobby, colecionar essas miniaturas traduz um pouco minha paixão por carros, creio eu que é esse motivo pelo qual coleciono".

Além do vídeo, Paulo Victor disponibilizou algumas imagens das miniaturas de sua coleção. Seguem:












Se você quer conhecer melhor as miniaturas do Paulo Victor basta visitar a página dele no Facebook, onde se encontram as imagens detalhadas de cada uma de suas miniaturas. Você encontra o perfil dele através do link:
https://www.facebook.com/paulovictor....

Esperamos que tenham gostado da matéria. Nos visitem sempre que possível e deixem os comentários, dúvidas, sugestões, etc. nos cometários. Um forte abraço! Felicidade a tod@s e até a próxima!!!

CRÉDITOS:


Meus sinceros agradecimentos ao Paulo Victor Machado Prado, por ceder esse entrevista ao blog Comunidade dos Pensadores Livres e pelos longos anos de amizade.

Obrigado a todas as pessoas que tem acompanhado o Comunidade dos Pensadores Livres, tanto aqui pelo blog como pelo canal no YouTube. Esse apoio e motivação é muito importante para nossas atividades.

REFERÊNCIAS:

BACK TO THE FUTURE. In: WIKIPÉDIA, a enciclopédia livre. Flórida: Wikimedia 
Foundation, 2017. Disponível em: <https://pt.wikipedia.org/w/index.php? title=Back_to_the_Future&oldid=48383887>. 
Acesso em: 29 mar. 2017.

HERBIE. In: WIKIPÉDIA, a enciclopédia livre. Flórida: Wikimedia Foundation, 2017. Disponível em: <https://pt.wikipedia.org/w/index.php?title=Herbie&oldid=48127286>. Acesso em: 29 mar. 2017.

HOT WHEELS. In: WIKIPÉDIA, a enciclopédia livre. Flórida: Wikimedia Foundation, 2016. 
Disponível em: <https://pt.wikipedia.org/w/index.php?title=Hot_Wheels&oldid=46070068>. Acesso em: 29 mar. 2017.

STAR TREK. In: WIKIPÉDIA, a enciclopédia livre. Flórida: Wikimedia Foundation, 2016. Disponível em: <https://pt.wikipedia.org/w/index.php?title=Star_Trek&oldid=47333045>. Acesso em: 29 mar. 2017.

YELLOW SUBMARINE (FILME). In: WIKIPÉDIA, a enciclopédia livre. Flórida: Wikimedia 
Foundation, 2016. Disponível em: <https://pt.wikipedia.org/w/index.php?title=Yellow_Submarine_(filme)&oldid=47018116>. Acesso em: 29 mar. 2017.

sábado, 18 de março de 2017

O que é RPG?

Vamos ao vídeo primeiramente:




Índice:

1º O que é o R.P.G.? (00:56)

2º Como Funciona? (06:50)

3º Faixa etária / Recomendo ou não? (26:10)


Vídeo criado com intuito de esclarecer dúvidas de amigos e amigas que tem filhos pré-adolescentes e tem me perguntando o que é o R.P.G., como funciona e se eu recomendo, já que seus filhos são pré-adolescentes e o que eu digo sobre faixa etária. Espero ter ajudado no entendimento desses pais e espero a compreensão das pessoas adeptas ao role-playing game de mesa, pois é um vídeo para pessoas leigas. Em outras ocasiões pretendo desenvolver novos vídeos com temas mais específicos sobre o assunto de modo que contemple propriamente o público veterano.

O R.P.G. é um jogo diferenciado por desenvolver várias competências em seus praticantes, algumas dessas são descritas no vídeo na parte final, mas eu as elencarei aqui, porém sem as devidas explicações. Acima de tudo, o R.P.G. se torna diferente de boa partes dos jogos de tabuleiros pelo fato de ser um jogo colaborativo, não trabalha com a lógica onde um ganha e o outro perde, mas se sustenta no cooperatividade e em decisões coletivas, já que boa parte dos R.P.G.'s são jogados em grupo e normalmente os personagens dos membros desse grupo convivem dentro do jogo.

1. Ajuda a lidar com a timidez.

2. Oferece oportunidade para a socialização e a colaboração / cooperação.

3. Trabalha a encenação e dicção / oratória.

4. Exige o estudo de variadas culturas.

5. Naturalmente conduz os jogadores ao contato com diferentes literaturas.

6. Como é um jogo com muitas regras exige dos jogadores capacidades hermenêuticas para se interpretar regras e situações.

7. Desperta a sensibilidade estética dos jogadores devido a proximidade a filmes, músicas, games eletrônicos, pinturas, etc. desenvolvendo assim a noção de arte dos participantes.

8. Como utiliza dados de variadas faces (d4, d6, d8, d10, d12, d20, etc.), cálculos, probabilidades e possibilidades, acaba possibilitando constantemente o raciocínio lógico e matemático e cada integrante. 

9. Como é um jogo de narrativa e contação de histórias onde cada elemento narrado é parte de um quebra-cabeça que desvenda algum enígma, o R.P.G. exige de seus jogadores atenção e concentração, portanto ajuda no desenvolvimento das mesmas.

10. Como é jogado em grupo e precisa-se desvendar enigmas e superar dificuldades, exercita-se a colaboração e a interação coletiva. 

Esses são alguns elementos que o R.P.G. ajuda a desenvolver, além de várias outras capacidades como imaginação, escrita, senso investigativo, etc. são muitas habilidades. Ressalto que existem variados tipos de R.P.G.'s, ainda que eu tenha utilizado o Dungeons & Dragons como exemplificação. Cada sistema de R.P.G. cada estilo abrirá um universo de conhecimento e diversão diante dos seus olhos. Acima de tudo R.P.G. é diversão. Regra nenhuma está acima da diversão e do lazer em termos de R.P.G., ou seja, não é necessário conhecer todas as regras, ou ser um veterano para jogar e se divertir. Basta reunir um grupo de amigos e garantir a diversão sempre com responsabilidade, ou seja, sem excessos.

Um forte abraço e até a próxima!!!   

REFERÊNCIAS:

ACHILLI, Justin; Boulle, Philippe. Vampiro: o réquiem. 2ª edição. São Paulo: Devir, 2011.

COOK, Monte; TWEET, Jonathan; WILLIAMS, Skip. Dungeons & Dragons–Livro do Jogador. São Paulo: Devir, 
2001.

COOK, Monte; TWEET, Jonathan; WILLIAMS, Skip. Dungeons & Dragons–Livro do mestre. São Paulo: Devir, 
2001.

COOK, Monte. Dungeons & Dragons: livro dos monstros. 2001.

FIRST QUEST: uma introdução aos jogos de RPG / Advanced Dungeons & Dragons 2nd edition-Livro de Regras. São Paulo: Abril Jovem, 1995. (TSR, Inc.).

FIRST QUEST: uma introdução aos jogos de RPG / Advanced Dungeons & Dragons 2nd edition-Livro de Monstros e Tesouros. São Paulo: Abril Jovem, 1995. (TSR, Inc.).

JACKSON, S. (1994). GURPS: generic universal role-playing system: módulo básico. São Paulo: Devir.

ROLE-PLAYING GAME. In: WIKIPÉDIA, a enciclopédia livre. Flórida: Wikimedia Foundation, 2017. Disponível em: <https://pt.wikipedia.org/w/index.php?title=Role-playing_game&oldid=47912122>. Acesso em: 3 fev. 2017.

SILVA, M. A. Comunidade dos Pensadores Livres. Disponível em:<http://ospensadoreslivres.blogspot.com.br/>. Acesso em: 06 mar 2017.

quinta-feira, 12 de novembro de 2015

Resenha Literária: "Sapato de Salto" - Lygia Bojunga





Esse é o meu primeiro vídeo de resenha literária aqui no blog Comunidade dos Pensadores Livres, e fui motivado a fazê-la por essa excelente obra da escritora brasileira Lygia Bojunga que é o "Sapato de Salto". Neste livro se passa a história de uma menina de quase 11 anos chamada Sabrina. Sabrina viveu essa sua primeira década de vida em uma casa do menor abandonado e pouco antes de completar 11 anos é "adotada" por um casal que tem interesse em uma babá para seus dois filhos ainda bebês. Dedicada e atenciosa Sabrina acaba se tornando a babá dessas crianças e uma "zeladora" da casa como um todo. Ali na casa de seu Gonçalves e dona Matilde, onde Sabrina acreditou ter encontrado um lar, e que ela começa a descobrir outra face da dura realidade da vida. Essa é uma história que nos faz pensar nas tantas Sabrinas, nas tantas tias Inês, nas tantas donas Gracinhas, nos tantos Andrea Doria e Palomas da vida. É uma obra intensa que nos leva a refletir temas como sexualidade; prostituição; abuso sexual infantil; homossexualismo; homofobia; machismo; abandono afetivo; entre tantas outras temáticas polêmicas. Vale a pena cada reflexão e cada página lida. Espero que goste de "Sapato de Salto" tanto quanto eu. Deixe sua opinião sobre a obra, a sobre a resenha, dúvidas, etc; aqui nos comentários. Boa leitura!


Deixarei a seguir alguns link's de locais onde podemos continuar o debate sobre essa e outras obras:



Meu perfil no Skoob:

http://www.skoob.com.br/usuario/478288




Literaturas: grupo de leitura e estudos da Casa Plural de Tupaciguara:

https://www.facebook.com/groups/692387520873581/?fref=ts



Casa Plural:

https://www.facebook.com/groups/1640858932869452/?fref=ts

https://www.facebook.com/casapluraltupaciguara/?fref=ts



Todos estes são espaços virtuais destinados ao debate literário e outras artes.


REFERÊNCIAS:

NUNES, Lygia Bojunga. Sapato de salto / Lygia Bojunga. 2ª ed. Rio de Janeiro: Casa Lygia Bojunga, 201.